Igreja cristã Celeiros
Voltar para a lista

Carta 012 

Mensagem, via e-mail, em 15/3/2017: 

Boa tarde Pastor Sólon! Sou ex-católico, recém-batizado numa igreja evangélica. Leio a bíblia frequentemente e um assunto em especial vem me deixando muitas dúvidas. 

Em Efésios 4:5 diz o seguinte: “há um só Senhor, uma só fé, um só batismo". O que o senhor entende sobre o termo um só batismo? 


Por que a maioria das igrejas evangélicas não reconhece o batismo feito nas igrejas Católicas, sendo que lá cumpri todos os requisitos para batizar alguém, ou seja, há presença da água e confessa um Deus Triúno (Pai, Filho e Espírito Santo). 

Não estariam todas estas igrejas indo contra a um mandamento de Deus? Não seria pecado "rebatizar" alguém? 

Estive pesquisando tal assunto e, para minha surpresa, encontrei uma denominação evangélica (Igreja Evangélica Luterana) que aceita o batismo de qq outra denominação cristã, inclusive há um estudo muito interessante em http://horaluterana.org.br/duvida-espiritual/batismo-so-de-adultos-ou-de-criancas-tambem/, que aborda com bastante clareza o referido assunto. 

Em resumo, segue parte do estudo: 

 4. BATISMO – ATO DIVINO ÚNICO 

 – O Batismo pertence a Deus, não aos homens. 

 – É imprópria a atitude de alguém ser batizado mais de uma vez (por passar de uma religião cristã para outra) – o Batismo não é da Igreja – é de Deus – há um só Batismo (Ef 4.5) 

 – Diferente será se uma pessoa tiver sido batizada de forma errada (sem água, sem a Palavra de Deus, em uma Igreja que não confessa o Deus Triúno) – deve ser batizada conforme Cristo ordenou. 

 Diante do exposto, qual ensinamento devemos reter de tudo isto? O que exatamente o senhor entende e aceita? 

 Aguardo resposta o mais breve possível. 

 Muito obrigado! 

(...)

 Resposta, via e-mail, em 15/3/2017: 

Prezado irmão José Carlos, que a paz do Senhor Jesus seja com toda a sua casa. 

Que bom que você tem a leitura da palavra de Deus como um hábito, parabéns! 

De fato, o texto de Efésios é controverso. Uns dizem tratar-se do batismo nas águas enquanto outros afirmam que o texto diz respeito ao batismo no Espírito Santo. 

Não sei se você notou, mas não há na bíblia informação de que alguém tenha sido batizado no Espírito Santo mais de uma vez. Por outro lado, há textos que nos indicam a repetição do batismo nas águas, senão vejamos:

 Enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, atravessando as regiões altas, chegou a Éfeso. Ali encontrou alguns discípulos e lhes perguntou: "Vocês receberam o Espírito Santo quando creram? " Eles responderam: "Não, nem sequer ouvimos que existe o Espírito Santo". "Então, que batismo vocês receberam? ", perguntou Paulo. "O batismo de João", responderam eles. Disse Paulo: "O batismo de João foi um batismo de arrependimento. Ele dizia ao povo que cresse naquele que viria depois dele, isto é, em Jesus". Ouvindo isso, eles foram batizados no nome do Senhor Jesus. Quando Paulo lhes impôs as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo, e começaram a falar em línguas e a profetizar. (Atos 19:1-6) 

Observe que os homens que Paulo encontrou eram discípulos já batizados por João Batista, mas que não haviam recebido o batismo no Espírito. O texto deixa claro que eles foram batizados novamente (batismo em nome do Senhor Jesus) e, em seguida, foram batizados no Espírito Santo. 

Logo, parece-me que o a expressão “um só batismo” refere-se ao batismo no Espírito Santo, até porque o contexto diz respeito à UNIDADE DO ESPÍRITO e do Corpo de Cristo. Veja o texto em seu contexto:Façam todo o esforço para conservar a UNIDADE DO ESPÍRITO pelo vínculo da paz. Há um só corpo e UM SÓ ESPÍRITO, assim como a esperança para a qual vocês foram chamados é uma só; [aqui inicia-se uma ratificação] há um só Senhor, uma só fé, UM SÓ BATISMO, um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos. (Efésios 4:3-6) 

A meu ver, dizer que o texto se refere ao batismo nas águas e que significa que alguém só pode ser batizado uma única vez, é uma incoerência. Esse entendimento geraria contradição com alguns fatos registrados do Novo Testamento, a exemplo do seguinte: 

Portanto, deixemos os ensinos elementares a respeito de Cristo e avancemos para a maturidade, sem lançar novamente o fundamento do arrependimento de atos que conduzem à morte, da fé em Deus, da instrução a respeito de BATISMOS, da imposição de mãos, da ressurreição dos mortos e do juízo eterno. (Hebreus 6:1,2) 

Mas, vamos imaginar que eu esteja errado. Consideremos, então, que o texto se refira ao batismo nas águas. Mesmo neste caso, creio que só é possível afirmar que a expressão “um só batismo” seja uma afirmação sobre um só TIPO de batismo nas águas em nossa atualidade (o batismo em nome de Jesus). Não vejo no texto nada que indique que haja “uma só oportunidade de batismo”. 

Amado, veja bem, eu também não acho razoável uma pessoa ficar se rebatizando a cada mudança de igreja, se sua fé permanece inalterada e sob os mesmos fundamentos. Não vejo razão para isso. 

 Lembro-me que Jesus disse para Pedro que se ele já havia se banhado (recebido o batismo do arrependimento), não seria necessário lavar mais nada além dos pés (arrependimento todas as vezes que se percebe a contaminação com a imundícia terrena). Para tanto, basta nos arrependermos e clamarmos por perdão a Deus, que nos purifica pelo sangue do cordeiro. Veja o texto: 

Disse Pedro: "Não; nunca lavarás os meus pés". Jesus respondeu: "Se eu não os lavar, você não terá parte comigo". Respondeu Simão Pedro: "Então, Senhor, não apenas os meus pés, mas também as minhas mãos e a minha cabeça! " Respondeu Jesus: "Quem já se banhou precisa apenas lavar os pés; todo o seu corpo está limpo. Vocês estão limpos, mas nem todos". (João 13:8-10)

 Observe que Jesus afirma que um dos discípulos não estava limpo. Por certo, Judas era batizado nas águas, mas isso não significava nada, uma vez que o seu coração não era reto diante de Deus. 

 Logo, batismo sem arrependimento, sem compreensão, sem maturidade suficiente para se saber o que se está fazendo, a meu ver, não tem representatividade no mundo espiritual. 

 Esta é uma das razões pela qual eu entendo que o batismo de uma criança não é válido e, neste caso, a pessoa, quando adulta, necessita se batizar, ou rebatizar (como preferir). Isso porque uma criança não tem consciência do pecado e nem mesmo tem do que se arrepender para desejar uma nova vida. 

 Sobre o batismo nas águas fiz uma série de vídeos para uma irmã da igreja que mora em outro Estado e desejava saber mais sobre o assunto. Os vídeos estão em nosso canal do youtube, caso você queira saber como pensamos a esse respeito: 

1 – Batismo por imersão ou aspersão? (http://migre.me/wfhsp

2 – Batismo de crianças: por que não? (http://migre.me/wfhrO

3 – Batismo é essencial à salvação? (http://migre.me/wfht7

4 – Batismo e sua representação espiritual (http://migre.me/wfhrd

Amado, devo esclarecer que sobre esta questão eu não me importo se alguém pensa de modo diferente. O que faço é seguir minhas convicções espirituais e bíblicas, uma vez que sei que um dia vou prestar contas de tudo o que eu ensino e que eu pratico. Ao mesmo tempo que eu não vejo problema em rebatizar um católico que entenda que não tinha consciência quando se batizou por aspersão, eu também não vejo problema em rebatizar alguém que tenha se batizado em outra denominação, mas que afirme que não tinha plena consciência do que estava fazendo. 

 De modo diverso, se alguém quer se integrar à igreja que eu pastoreio, mas entende que seu batismo em outra denominação, ainda que por aspersão, foi válido, eu aceito o que diz a consciência dessa pessoa. Cumpre a mim apenas esclarecer tudo o que eu disse nos vídeos acima relacionados. 

Quanto ao estudo que você me enviou, dos luteranos, respeito, embora não concorde, pelas razões que estão apresentadas nos vídeos que relacionei. 

 Meu irmão, espero ter ajudado. Fico feliz em ver que, de algum modo, você se interessou pelo nosso modo de viver o evangelho de Jesus. Eu sei que nossa igreja é simples e humilde e que está bem longe das grandes denominações do nosso tempo, mas, apesar das nossas limitações, queremos fazer o melhor para Deus, com sinceridade de coração. 

Fica na paz do Senhor Jesus! 

Pr. Sólon Pereira