Igreja cristã Celeiros
Voltar para a lista

Curiosidades 

Sobre a mão chifrada

O gesto da mão chifrada, também conhecido como Maloik ou Mano Cornuta, é um símbolo com vários significados. Comumente, tem sido identificado como um gesto do satanismo, utilizado pelos adeptos da nova era, do ocultismo e da Wicca. É igualmente comum em diversas culturas ancestrais de origem não cristãs, principalmente mediterrâneas, onde é entendida como um sinal de proteção contra o mal. Na Itália, equivale a uma superstição, como as tradicionais três batidas na madeira.


Este sinal pode ser também relacionado a outras crenças não cristãs. O Mudra indiano e budista adota a mão chifrada com diferentes interpretações. No budismo, a mão chifrada significa algo como "gesto do mestre".

No mundo da música, este sinal foi introduzido ao gênero Heavy Metal por Ronnie James Dio quando estava no Black Sabbath e passou a ser utilizado dentre os headbangers (fãs de Heavy Metal). Embora os metaleiros digam que este sinal não tem propriamente o objetivo fazer menção ao satanismo, normalmente está em um contexto onde a religião é ostilizada e o liberalismo é reverenciado. Além disso, na contra-capa da Bíblia satânica, aparece Anton LaVey fazendo o sinal da mão chifrada. 

Sobre tatuagens 

A Bíblia só fala uma vez sobre tatuagens, em Levítico 19:28: “Não deveis fazer tatuagem em vós.” Deus deu essa proibição ao seu povo, Israel, para diferenciá-lo dos pagãos, cujas práticas eram abomináveis aos olhos de Deus. Os povos vizinhos de Israel (pagãos) tinham o hábito de marcar a pele com os nomes ou símbolos de seus deuses. Embora a igreja não esteja submetida ao cumprimento da Lei de Moisés, pode-se considerar a motivação do Senhor ao apresentar tal preceito à nação de Israel: distinguir seu povo dos pagãos. 

“Pelos mortos não ferireis a vossa carne; nem fareis marca nenhuma sobre vós. Eu sou o SENHOR.” (Levítico 19:28 RA) “1 Filhos sois do SENHOR, vosso Deus; não vos dareis golpes, nem sobre a testa fareis calva por causa de algum morto. 2 Porque sois povo santo ao SENHOR, vosso Deus, e o SENHOR vos escolheu de todos os povos que há sobre a face da terra, para lhe serdes seu povo próprio.” (Deuteronômio 14:1-2) “Quando entrares na terra que o SENHOR, teu Deus, te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos.” (Deuteronômio 18:9) 

Sobre o testemunho 

“14 Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; 15 pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, 16 porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo.” (1 Pedro 1:14-16)