Igreja cristã Celeiros

Crianças são ensinadas a odiar cristãos, nas escolas da Arábia Saudita 

O material usado nas escolas estão repletos de “linguagem de ódio” em relação aos cristãos.

Livros didáticos estão sendo usados para doutrinar crianças a serem hostis aos cristãos, na Arábia Saudita. As informações são de um relatório do Observatório dos Direitos Humanos, uma organização internacional não-governamental que defende e realiza pesquisas sobre os direitos humanos. O documento diz que o material usado nas escolas do país estão repletos de “linguagem de ódio” em relação as pessoas da fé cristã e de outras que não sejam o islamismo.

Na lista de religiões atingidas pelo conteúdo nocivo dos livros estão inclusos os cristãos e também os judeus. Para exemplificar, um livro didático do quinto ano declara que “é dever de todo muçulmano excomungar os ‘kifars’”, que significa descrentes. O material ordena: “Aquele que não excomungá-los ou duvidar da infidelidade religiosa deles pode se considerar também um descrente”.

Já em outro capítulo há o direcionamento aos alunos muçulmanos que eles devem “reservar lealdade a Deus, ao profeta e aos outros crentes, e mostrar hostilidade aos descrentes”.

Leia mais

China irá proibir cristãos de se reunirem para estudos bíblicos nas igrejas e casas 

Uma nova legislação que deve entrar em vigor no começo de 2018 irá impor restrições ainda maiores sobre os cristãos na China.

O Partido Comunista da China colocou novas restrições sobre reuniões religiosas, debates sobre assuntos religiosos e o financiamento de grupos religiosos em um esforço para "combater o extremismo e restringir a fé praticada fora das organizações aprovadas pelo Estado".

A Reuters informou que a nova legislação, que entrará em vigor no dia 2 de fevereiro de 2018, também aumentarão as restrições existentes sobre os grupos religiosos não registrados - como as igrejas domésticas - para incluir proibições explícitas sobre o ensino religioso ou viagens para o exterior para participar de treinamentos, encontros ou programas missionários.

Além disso, o estado terá maior influência sobre a educação religiosa, com disposições explícitas sobre o estabelecimento e registro de faculdades confessionais (que assumam qualquer tipo de fé como base de conduta).

O documento, aprovado pelo primeiro-ministro Li Keqiang, na última quinta-feira (7), atualiza uma versão das regras implementadas em 2005 para permitir uma maior regulação da religião e refletir melhor as mudanças "profundas" na China e no mundo.

Leia mais

Pastor é denunciado ao Ministério Público após batizar indígenas, no Mato Grosso 

O pastor Isac Santos batizou 38 índios xavantes ao final de agosto e está sendo acusado por ativistas de 'genocídio cultural'.

Um pastor de Goiânia foi denunciado ao Ministério Público Federal, após fazer algo que é considerado muito comum a evangelistas e missionários: batizar um grupo de indígenas xavantes no estado do Mato Grosso.

A denúncia foi feita pela pedagoga Juliani Caldeira, que protocolou uma representação no MPF no dia 28 de agosto, após ver imagens do batismo, que ocorreu na terra indígena de Areões (MT), divulgadas pelo pastor em seu perfil das redes sociais. O procedimento ainda não está tramitando.

Em sua denúncia, Caldeira questionou a presença da vereadora Aninha Araújo e dos missionários na aldeia, solicitando que o caso seja investigado.

"Sendo o Estado Laico e sendo a vereadora representante do povo no seu mandato, teria ela o consentimento para entrar em aldeias, levando a sua cultura para um grupo que já possui a sua própria?", questionou Juliani, em parte do documento protocolado no Ministério Público.

Leia mais

Judeus são impedidos de fazer 'casamento judaico' por crerem em Jesus 

O tribunal rabínico decidiu que os israelenses só poderiam se casar numa cerimônia judaica se desistissem das crenças cristãs.

Um casal de judeus messiânicos não pôde se casar numa cerimônia judaica por serem seguidores de Jesus Cristo, segundo uma decisão da corte rabínica de Israel.

Judeus desde o nascimento, o casal israelense foi encaminhado para o Tribunal Rabínico de Tel Aviv, onde disseram que “acreditam que Jesus é Deus, que acreditam que no Novo Testamento, que foram batizados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e que acreditam na Santíssima Trindade”.

Eles fazem parte da comunidade messiânica Tiferet Yeshua, em Tel Aviv e afirmaram que esperam o povo judeu aceitar o Evangelho de Cristo.

Diante das declarações, o tribunal rabínico decidiu que o casal só poderia se casar numa cerimônia judaica se declararem “que tenham desistido completamente suas crenças cristãs e pertencerem à comunidade messiânica”.

Leia mais

Evangélicos e católicos estão cada vez mais parecidos, segundo pesquisa 

Após 500 anos da Reforma Protestante, evangélicos e católicos acreditam ter mais semelhanças teológicas.

Após 500 anos da Reforma Protestante, evangélicos e católicos acreditam ter mais semelhanças teológicas do que diferenças, de acordo com uma pesquisa publicada pelo instituto Pew Research Center na última semana.

"As diferenças teológicas que dividiram o cristianismo nos últimos 1500 anos diminuíram até um ponto que poderia se chocar com os cristãos dos séculos passados", segundo o relatório do estudo que analisou países da Europa Ocidental.

O movimento da Reforma Protestante foi iniciado por Martinho Lutero no século XVI, que pregou 95 teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, em 31 de outubro de 1517. O documento desafiava diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, propondo uma reforma no catolicismo romano.

No entanto, católicos e protestantes têm se aproximado aos poucos nas últimas décadas, principalmente após o pontificado do Papa Francisco.

Leia mais

Ateus se unem para impedir que senador cristão cite a Bíblia 

Uma organização ateísta está exigindo que o senador norte-americano Marco Rubio pare de postar versículos bíblicos no Twitter.

Não é nenhum segredo que o senador norte-americano Marco Rubio (R-FL) tem usado sua conta pessoal do Twitter para compartilhar alguns versículos da Bíblia, mas agora um grupo ateu está exigindo que o representante republicano imediatamente deixe de compartilhar sua fé cristã na plataforma de mídia social.

A fundação ateísta 'Freedom From Religion' (FFRF) enviou na última terça-feira (22), uma carta ao escritório de Rubio, alertando o senador que ele estaria "cometendo violação constitucional por meio de sua conta no Twitter".

O grupo ativista também chegou a distorcer a passagem bíblica de Mateus 6:5-6, na tentativa de envergonhar o senador cristão.

"Se a lei e o seu juramento de defender a Constituição não são suficientes para convencê-lo a parar, talvez você considere o que está na passagem de Mateus 6:5-6, na qual Jesus condena a oração pública como hipocrisia no Sermão do Monte", diz parte da carta.

Leia mais

"Estamos vendo profecias da Bíblia se cumprirem", diz arqueóloga de Israel 

Anarina Heymann atua em um projeto de escavações em Jerusalém e disse que a Bíblia tem importante papel neste processo.

Quando as pessoas visitam a Cidade Velha de Jerusalém, elas podem acreditar que é o mesmo lugar que o rei Davi estabeleceu como sua capital há mais de 3.000 anos. Mas esse não é exatamente o caso. Arqueólogos estão descobrindo o local que seria originalmente a "Cidade de Davi" e contando aos outros sua incrível história. 

Anarina Heymann é arqueóloga atua como coordenadora de divulgação da "Cidade de Davi".

"Bem-vindos à Cidade de Davi", disse Heymann à equipe da CBN News. "É o lar da antiga Jerusalém bíblica e até 150 anos atrás, todos pensaram que a antiga Jerusalém bíblica estava dentro dos limites da Cidade Velha, logo atrás de vocês, dentro destes muros. Então a questão é: "O que aconteceu 150 Anos atrás e onde está a antiga Jerusalém bíblica?".

Leia mais

Exploração de gás e petróleo provoca terremotos nos EUA 

Um terremoto de magnitude 5.0 –o primeiro de três ao longo de vários dias em novembro de 2011– arrancou a fachada da casa que Jennifer Lin Cooper, 36, tinha comprado um ano antes.

Os reparos até agora custaram US$ 12 mil e a obrigaram a arranjar um segundo emprego, à noite, para pagar a conta.

Em uma reunião na prefeitura, segundo Cooper, as autoridades estaduais disseram que os abalos, incluindo um de 5.7 que foi o maior já registrado em Oklahoma, foram "um ato da natureza".

Muitos cientistas discordam. Eles dizem que esses terremotos, e milhares de outros antes e depois, foram causados por poços, localizados perto de zonas de falha geológica, usados para enterrar vastas quantidades de água descartada da exploração de petróleo e gás em terras profundas.

"Enquanto for injetada água ao longo da zona de falha, continuará havendo terremotos", disse Arthur F. McGarr, chefe do Projeto de Sismicidade Induzida no Centro de Ciência de Terremotos em Menlo Park, Califórnia.

Leia mais

Sacerdotes se preparam para entrar no Santo dos santos, pela primeira vez em 2 mil anos 

Um grupo de sacerdotes descendentes da linhagem de Arão começou a se preparar para subir o Monte do Templo, em Jerusalém, e entrar no Santo dos Santos.

Pela primeira vez em 2 mil anos, um grupo de sacerdotes descendentes da linhagem de Arão começou a se preparar para subir o Monte do Templo, em Jerusalém, e entrar no Santo dos Santos.

O preparo dos sacerdotes está sendo feito pelo Conselho Rabínico ZAKA desde o ataque terrorista palestino contra policiais israelenses. Embora os incidentes tenham sido trágicos, um ativista judeu acredita que a situação pode ter tido um propósito divino.

“Quando o povo judeu não avança com rapidez suficiente, Deus faz algo para forçá-lo. Os árabes criaram uma nova situação no Monte do Templo. Não estávamos nos preparando para isso, então aconteceu algo que nos obrigou a lidar com isso”, disse o especialista Yaakov Hayman ao site Breaking Israel News.

Diante da “nova situação no Monte do Templo”, os sacerdotes passaram a serem treinados pela primeira vez em milênios para entrar na área do Santo dos Santos. A finalidade não será oferecer sacrifícios ou orar pelo povo judeu, mas recuperar cadáveres do ataque.

Leia mais

‘Lúcifer’ continua a castigar o continente europeu; entenda

A onda de calor batizada de “Lúcifer” continuou a castigar a Europa neste final de semana. Partes do sul e do leste do continente estão sendo assoladas por temperaturas acima de 40 graus Celsius. A onda de calor que já provocou incêndios florestais, desencadeou alertas climáticos e prejudicou plantações.

A Itália e os Bálcãs foram os mais afetados, porém áreas mais ao norte, como o sul da Polônia, também sofreram com temperaturas anormalmente altas, e o serviço meteorológico europeu Meteoalarm emitiu alertas “vermelhos” – seus mais altos – para 10 países.

Ao menos duas pessoas morreram devido ao calor -uma na Romênia e uma na Polônia- e muitas mais foram hospitalizadas com insolação e outros males relacionados ao calor.

Na Albânia, 300 bombeiros e soldados lutavam para conter até 75 incêndios florestais, e a nação pediu uma ajuda emergencial à União Europeia.

Leia mais

Judeus marcham em Jerusalém e reivindicam construção do Terceiro Templo 

A manifestação que ocorre todos os anos em Jerusalém, reivindica o direito dos judeus orarem em locais considerados sagrados, como o Monte do Templo.

Milhares de israelenses se reuniram na Cidade Velha de Jerusalém na noite da última segunda-feira (31) - que marca o início do jejum judeu de Tisha B'Av, que lembra as destruições do Primeiro e Segundo Templos - marchando em volta dos muros de Jerusalém. Eles também manifestaram seu anseio pela construção do Terceiro Templo.

A manifestação ocorre todos os anos desde 1994, mas foi quase cancelada pela polícia neste ano, devido aos temores da violência árabe (palestina). Apesar das informações recebidas pela polícia de publicações de palestinos no Facebook para "Impedir que os colonos caminhem pelo Muro das Lamentações", o Comandante do Distrito da Polícia de Jerusalém, Yoram Halevi, decidiu não impedir que o evento tradicional ocorresse.

Os organizadores da tradicional marcha e o grupo de co-fundadores 'Women in Green' ('Mulheres de Verde'), Nadia Matar e Yehudit Katzover, aprovaram a decisão da Polícia.

"É corajoso, moral e é o óbvio a ser feito", disseram. "Isso mostra que a polícia não se submete ao terrorismo. Qualquer lugar ameaçado pelo terrorismo deve ser fortalecido e protegido pela polícia".

Leia mais

Palestina gasta mais de US$ 100 milhões para financiar terrorismo contra Israel

A Autoridade Palestina está usando o dinheiro de doações estrangeiras para pagar "salários" de cerca de US$ 4 mil a terroristas.

A Autoridade Palestina aumentou recentemente seu orçamento destinado a pagar o "salário" de terroristas condenados e suas famílias. A mudança ocorreu, apesar da pressão dos Estados Unidos para acabar com a prática.

No dia 21 de julho, o terrorista Omar al-Abed, de 19 anos de idade, entrou em uma casa da comunidade de Halamish, na Samaria judaica e assassinou o idoso Yosef Salomon, de 70 anos, e seus dois filhos adultos. A mídia israelense publicou fotos mostrando a brutalidade da chacina.

"A casa deles estava aberta, a porta estava destrancada, porque eles estavam esperando que as pessoas da comunidade fossem comemorar com eles o nascimento do novo neto e em poucos segundos eles foram assassinados em sua própria casa", disse Miri Maoz Ovadia, porta-voz da comunidade Halamish, em depoimento à agência cristã 'CBN News'.

Após os assassinatos, um soldado que estava de folga e passava pela área ouviu o barulho e conseguiu atingir o terrorista através de uma janela da casa. al-Abed está se recuperando em um hospital israelense, mas, de acordo com uma política de longa data da Autoridade Palestina, ele agora vai começar a receber um salário.

Leia mais

Satanistas oferecem curso para desviar crianças do cristianismo, nos EUA

Em apenas três anos de funcionamento, o grupo satânico já instalou 13 escritórios pelos Estados Unidos e quer alcançar toda a nação.

A rede de escolas públicas dos Estados Unidos permite, desde 2001, a realização de cursos extracurriculares para os alunos. Desde a decisão da Suprema Corte, as igrejas evangélicas criaram o “Clube das Boas Novas” pelos colégios do país, oferecendo ensinos bíblicos com a missão de “estabelecer as crianças como discípulos da Palavra de Deus”. E para contrapor às Escrituras, membros do Templo Satanista americano decidiram difundir seus ideais para os pequeninos.

Você já imaginou seu filho ligando os pontos de uma tarefinha e no final chegar em um pentagrama invertido? Pois este é o tipo de exercício que o programa "Satã Depois da Escola" tem oferecido para as crianças americanas. A imagem é clara: um lápis escolar de três pontas, simulando um tridente. Os membros do Templo Satanista querem tirar proveito da legislação para "oferecer uma alternativa a crianças e pais".

Leia mais

Epidemia de drogas nos EUA causa um '11 de Setembro' a cada três semanas 

Uma comissão nacional criada por Donald Trump quer que o presidente declare emergência nacional para combater a epidemia de drogas que assola o país.

A comissão bipartidária diz que essa medida forçaria autoridades a dar prioridade a atenção e financiamento de ações de combate à crise, marcada pelo consumo abusivo de opioides (drogas que atuam no sistema nervoso para aliviar a dor).

O controle do abuso de drogas foi uma das principais promessas de campanha de Trump. Após eleito, ele instalou a Comissão para o Combate à Toxicodependência e à Crise de Opioides, composta por legisladores dos partidos Democrata e Republicano e presidida pelo governador de Nova Jersey, o republicano Chris Christie.

“Com em média 142 americanos morrendo por dia, os Estados Unidos estão enfrentando um número de fatalidades igual a um 11 de Setembro a cada três semanas”, escreveram os autores do texto.

Leia mais

Arqueólogos encontram evidências da destruição de Jerusalém pela Babilônia 

Os artefatos de 2.600 anos de idade oferecem a evidência mais concreta da destruição de Jerusalém pela Babilônia, em torno de 586 a.C.

Arqueólogos israelenses encontraram artefatos de 2.600 anos de idade que oferecem a evidência mais concreta da destruição de Jerusalém pela Babilônia, em torno de 586 a.C.

A Autoridade de Antiguidades de Israel anunciou a descoberta em um momento de grande tensão em torno do Monte do Templo, local considerado sagrado para o judaísmo, islamismo e cristianismo.

Durante a escavação de quatro meses, realizada no Parque Nacional perto de Jerusalém, arqueólogos encontraram madeira queimada, cerâmica, escamas de peixe, ossos, sementes de uva e artefatos raros, como carvão queimado e resíduos de construção.

Entre os achados mais importantes estão dezenas de frascos, compostos em sua maioria com alças estampadas com uma rosa pétalas.

Leia mais

Mortes por depressão crescem 705% no Brasil 

Em 16 anos, o número de mortes relacionadas com depressão cresceu 705% no Brasil, mostra levantamento inédito feito pelo jornal O Estado de S. Paulo com base nos dados do sistema de mortalidade do Datasus. Estão incluídos na estatística casos de suicídio e outras mortes motivadas por problemas de saúde decorrentes de episódios depressivos.

Foi a depressão, somada à dependência química, o que provavelmente levou o ator americano Robin Williams, de 63 anos, a se matar, na segunda-feira passada, dia 11. Os dados mostram que, em 1996, 58 pessoas morreram por uma causa associada à depressão. Em 2012, último dado disponível, foram 467.

O número total de suicídios também teve aumento significativo no Brasil. Passou de 6.743 para 10.321 no mesmo período, uma média de 28 mortes por dia. As taxas de suicídio são muito superiores às mortes associadas à depressão porque, na maioria dos casos, o atestado de óbito não traz a doença como causa associada.

No Brasil, a faixa etária correspondente à terceira idade é a que reúne as estatísticas mais preocupantes. No caso de mortes relacionadas à depressão, os maiores índices estão concentrados em pessoas com mais de 60 anos, com o ápice depois dos 80 anos.

Leia mais

Ideologia de gênero aumenta em 500% os conflitos psicológicos em crianças 

Especialistas dizem que a ideologia de gênero está levando cada vez mais crianças da Escócia a terem dificuldade de diferenciar masculino de feminino.

Após a ideologia de gênero passar a ser aceita em escolas e outras instituições da Escócia, o número de crianças confusas com relação ao seu próprio gênero (masculino ou feminino) que foram enviadas para especialistas aumentou cerca de 500% em quatro anos, no país.

Em 2013, apenas 34 crianças foram enviadas para apoio especializado a crianças com disforia de gênero (distúrbio que gera o conflito sobre a definição de gênero), de acordo com o jornal 'The Times Scotland'. Mas esse número tem vindo a multiplicar quase todos os anos desde então, acabou excedendo a quantidade de 200 crianças no ano passado.

Os grupos Pró-LGBT argumentaram que o aumento desses números se deve ao "aumento da conscientização na sociedade sobre tais questões".

"Penso que em 2013, se você fosse um jovem em conflito com questões de gênero, não saberia para onde se dirigir", disse James Morton, gerente da 'Scottish Trans Alliance', que apoia os transgêneros no país. "E se eles fossem ver sua identidade de gênero, muitas vezes seu médico não saberia para onde se dirigir. Mas nos últimos anos, as vias de referência sobre este assunto se tornaram muito mais claras".

Leia mais

Livro com visão bíblica sobre casamento é julgado como "discurso de ódio" pelo Twitter 

O pastor Craig Stellpflug afirmou que o anúncio de seu livro sobre casamento foi rejeitado pelo Twitter, mesmo que o material não seja homofóbico.

O Twitter rejeitou o pedido de um pastor para usar a plataforma de publicidade do site de redes sociais para promover uma publicação que destaca seu novo livro, que defende a visão bíblica sobre o casamento.

No dia 2 de julho, o pastor Craig Stellpflug, de 56 anos, pagou por anúncios do Twitter para promover um tweet que publicou sobre seu novo livro, intitulado "One Man One Woman: God's Original Design for Marriage" ("Um Homem Uma Mulher: O Design Original de Deus para o Casamento"), lançado pela editora WestBow Press, em junho deste ano.

Stellpflug, um médico aposentado com uma carreira pastoral que agora ministra estudos bíblicos e atua como professor da escola dominical da Igreja Batista Sunrise, em Custer, Washington (EUA), disse ao 'Christian Post' que recebeu uma resposta por e-mail do Twitter no dia 3 de julho, dizendo-lhe que seu tweet "Não foi aprovado para uso em sua campanha de anúncios do Twitter".

O tweet em questão afirma: "One Man One Woman' é sobre o design original de Deus para o casamento, desde de Adão e Eva, no Jardim do Éden, até os dias de hoje". O tweet também inclui uma foto do livro e um link para a livraria on-line WestBow Press.

Leia mais

Medicamentos psiquiátricos matam mais usuários do que a heroína e a cocaína, dizem especialistas 

Clonazepam (rivotril) é um sedativo popular usado para tratar ansiedade e distúrbios do sono. Pertence a uma classe de drogas chamadas benzodiazepinas. Em uma série de estudos realizados em Vancouver, as benzodiazepinas têm sido associadas a taxas de mortalidade mais altas do que as drogas ilegais, como a heroína ou a cocaína.

Os profissionais de saúde estão soando o alarme sobre o aumento do risco de morte associado ao uso de drogas psiquiátricas, o que foi destacado nos estudos de Vancouver publicados este mês.

Benzodiazepina (BZD) representa uma classe de medicamentos psiquiátricos conhecidos como “tranquilizantes” que podem reduzir a capacidade do corpo para respirar e são usados ​​para tratar a ansiedade, distúrbios do sono, convulsões entre outras condições. Neste grupo se incluem drogas comumente prescritas, como Valium, Xanax e Rivotril.

O primeiro dos estudos, que envolveu pesquisadores do Centro de Excelência em HIV e da Universidade de Vancouver, analisou o impacto do uso dos benzodiazepínicos sobre as taxas de mortalidade, e estabeleceu que o seu uso foi associado a um maior risco de morte do que as drogas ilegais.

Leia mais

“Por que é bom criticar o cristianismo, mas não o islã?”, questiona cientista ateu 

Richard Dawkins questiona por que os meios liberais tratam o cristianismo com hostilidade e se recusam a criticar o Islã.

Um evento com a presença do cientista Richard Dawkins foi cancelado pela estação de rádio KPFA em Berkeley, na Califórnia, que o acusou de promover um “discurso de ódio” contra os muçulmanos.

Biólogo evolucionista, etólogo e um dos principais nomes do ateísmo no mundo, Dawkins faria uma palestra com o tema “Uma Breve Vela na Escuridão” em agosto. No entanto, a KPFA informou nesta quinta-feira (27) que o evento seria cancelado porque ele “ofendeu e feriu” a comunidade muçulmana com seus “comentários abusivos” contra o Islã.

Em resposta, Dawkins questionou por quê as críticas ao cristianismo não surtem o mesmo efeito. “Eu sou conhecido como um crítico do cristianismo e nunca foi desligado por isso”, ele escreveu numa carta aberta em seu site. “Por que vocês dão um passe livre ao islamismo? Por que é bom criticar o cristianismo, mas não o islamismo?”

Na justificativa do cancelamento, a KPFA disse ter sido contactada por ativistas que descreveram Dawkins como “islamofóbico” e citou tweets do cientista, incluindo um que dizia: "Eu acho que o Islã é a maior força do mal no mundo de hoje”.

Leia mais
Carregar mais