Igreja cristã Celeiros

Comunistas estão oficialmente proibidos de ter religião, na China 

O Partido Comunista da China emitiu um comunicado, alertando que seus membros devem adotar o Marxismo como sua 'religião oficial'.

Agora é oficialmente ilegal que um membro do Partido Comunista da China professe qualquer tipo de fé (cristã ou não). A ordem faz parte da nova declaração divulgada pela Administração Estatal de Assuntos Religiosos do país.

"Os membros do partido não devem ter crenças religiosas, que é uma linha vermelha para todos os membros", escreveu Wang Zuoan, diretor do órgão estatal.

Em vez disso, o marxismo e a política do partido devem ser adotados como o 'sistema de crenças' de cada membro.

"Os membros do partido devem ser ateus marxistas firmes, obedecer as regras do Partido e manter a fé do Partido ... eles não têm permissão para buscar valor e crença na religião", disse Zuoan.

Líderes comunistas assumiram que a recente proibição da fé religiosa dentro do partido é devido à sua poderosa influência sobre as pessoas. Eles acreditam que a religião é perigosa para a unidade do partido comunista.

Leia mais

Igreja da Inglaterra fará cultos voltados para transexuais 

Criticando a decisão da Igreja Anglicana, o pastor Franklin Graham disse que um culto como este apenas celebra o afastamento da vontade de Deus.

Cultos especiais voltados para pessoas transexuais passarão a ser promovidas pela Igreja da Inglaterra, também denominada Igreja Anglicana.

Após uma votação realizada pela cúpula da denominação, a liderança reconheceu a necessidade de pessoas transexuais serem bem-vindas.

Chris Newlands, vigário da igreja Lancaster Priory, na Inglaterra, alegou que essa é uma de acolher pessoas que sofrem de transfobia na sociedade. “Queremos declarar que as pessoas trans são apreciadas e amadas por Deus, que criou todas elas”, afirmou.

Depois da votação, foi criada uma emenda à moção pedindo que os bispos considerassem as questões teológicas, pastorais e outros pontos que envolvem transição de gênero. O pedido foi rejeitado.

Durante um debate anterior, o bispo de Liverpool, o Rev. Paul Bayes, disse que a homossexualidade não deve ser encarada como pecado — ignorando os preceitos bíblicos. “Hoje o mundo precisa nos ouvir dizer que a orientação LGBTI não é um crime, não é uma doença e não é um pecado”, afirmou.

Leia mais

Arqueóloga comprova relato bíblico sobre vinha que foi 'roubada' por Jezabel 

Segundo a arqueóloga Norma Franklin suas novas descobertas se encaixam com o relato bíblico sobre a vinha de Nabote, como citado em I Reis.

Uma arqueóloga em Israel disse que encontrou a prova da história bíblica da vinha de Nabote, alvo de uma armação da então rainha Jezabel.

De acordo com o site Breaking Israel News, a Dra. Norma Franklin, uma das líderes por trás da Expedição Jezreel (Jizreel), confirmou que o Vale de Jezreel era realmente uma importante área produtora de vinhos nos tempos bíblicos - o que se alinha com a história da vinha de Nabote, citada Bíblia em I Reis 21.

No trecho, o rei Acabe pede a Nabote que ele lhe dê a vinha, pelo fato de se localizar vizinha ao seu palácio. Em troca, Nabote receberia uma vinha melhor, mas recusou a proposta do rei porque aquelas terras se tratavam de uma herança.

Para comprovar que a área citada no trecho bíblico a pesquisadora utilizou uma tecnologia a laser e analisou os dados do local. A precisão da tecnologia indicou vestígios de várias prensas de vinhos e azeitonas, incluindo mais de 100 poços em forma de garrafa, esculpidos no rochedo, o que Norma acredita que tenham sido usados para armazenar o vinho produzido na época.

Leia mais

Empresa cria boneca para ensinar ideologia de gênero às crianças, no Canadá 

A empresa 'Gender Creative Kids Canada' está arrecadando dinheiro para fabricar a boneca 'Sam' - personagem que quer deixar de ser menina para se tornar menino.

Uma empresa canadense está arrecadando dinheiro on-line para o que ela chama de "primeiro brinquedo educacional transgênero" do mundo, no qual as crianças serão doutrinadas na ideologia de gênero, ou seja, ensinadas que podem "mudar seu gênero com a frequência que quiserem".

Uma página foi criada no site 'Kickstarter' - de arrecadações online - para o brinquedo chamado "Sam", criada pela 'Gender Creative Kids Canada', e já arrecadou mais de 15.000 dólares, afirmando que isto servirá para "educar as pessoas em todo o mundo sobre questões de identidade de gênero".

"Sam é uma ferramenta essencial projetada para ajudar as crianças a entenderem o que significa crescer como uma criança transgênero", diz o site.

Um vídeo do YouTube que apresenta o brinquedo conta a história de Sam e as muitas etapas do "questionamento de gênero" pelo qual o personagem passa. Como um bebê, Sam começa a vida "felizmente desconhecendo o que é o gênero", antes de começar a "explorar o gênero através do jogo de identidade" e questionar "normas culturais de gênero".

Leia mais

Bíblia deve chegar a 98% da população mundial em 18 anos, diz tradutor

Segundo Alexander Schweitzer, da União de Sociedades Bíblias, os novos métodos de traduções de Bíblias estão tornando este processo cada vez mais ágil.

A boa notícia é que a mensagem bíblica escrita (Bíblia completa, Novos Testamentos, etc) já está disponível em línguas faladas por 90% da população mundial. A notícia ainda melhor é que este percentual ainda deve aumentar, chegando a até 98% até 2035, de acordo com Alexander Schweitzer, coordenador de tradução da Bíblia para a União das Sociedades Bíblicas (UBS).

Schweitzer esteve em Sydney (Austrália) esta semana para um encontro de líderes das Sociedades Bíblicas. O evento reuniu representantes das 148 sociedades bíblicas se unem para montar grandes parcerias em seus projetos e aumento do alcance da tradução das Escrituras, logicamente, acaba sendo o principal objetivo.

É muito comum ouvir sobre o número de línguas em que a Bíblia foi traduzida - cerca de metade das 7.000 línguas do mundo tem alguma Escritura. Desses idiomas, 648 têm uma Bíblia completa, e outros 1.432 têm o Novo Testamento inteiro. Mas o grupo de línguas que tem a "Bíblia completa" é falado por 5,16 bilhões de pessoas.

Leia mais

 Bebê é registrado sem sexo para 'decidir gênero quando crescer', no Canadá

Um bebê de apenas oito meses será o primeiro no mundo a receber um documento oficial emitido sem a identificação de gênero.

Um bebê canadense de apenas oito meses será o primeiro no mundo a receber um documento oficial emitido sem a identificação de seu gênero.

O pedido veio de seu progenitor, o transgênero Kori Doty, que deseja que o filho descubra por conta própria seu gênero quando for mais velho.

O cartão de saúde da criança, Searyl Atli, foi emitido pela província de Colúmbia Britânica com a letra "U" no espaço reservado para "sexo", o que pode ser interpretado em inglês como undetermined (indeterminado) ou unassigned (não atribuído).

Kori também solicitou a omissão do gênero da criança na certidão de nascimento, mas até o momento o pedido foi negado pelas autoridades de Colúmbia Britânica. Por isso, o transgênero moveu uma ação contra órgão responsável pela emissão de registros civis na província, a Agência de Estatísticas Vitais.

Leia mais

Ateus são menos tolerantes que pessoas religiosas, diz estudo 

Pesquisa aponta que ateus e agnósticos são menos tolerantes a diferentes opiniões do que pessoas de fé.

Pessoas religiosas são mais tolerantes diante de diferentes pontos de vista do que ateus, de acordo com um estudo feito no Reino Unido, França e Espanha.

Uma análise feita com 788 pessoas concluiu que ateus e agnósticos têm a mente mais aberta em relação a suas próprias vidas do que pessoas religiosas, mas são menos tolerantes a diferentes opiniões.

Pessoas religiosas “parecem perceber melhor e integrar perspectivas divergentes”, de acordo com pesquisadores de psicologia da Universidade Católica de Louvain.

“Surpreendentemente, quando se tratava da tendência em integrar pontos de vista que eram divergentes e contrários às próprias perspectivas, foi o religioso que mostrou maior abertura”, disse o pesquisador Filip Uzarevic.

O estudo foi realizado com 445 ateus e agnósticos, além de 255 cristãos e um grupo de 37 budistas, muçulmanos e judeus.

Leia mais

O Facebook se tornou a nova igreja, diz Mark Zuckerberg 

Zuckerberg quer que os usuários tenham um papel semelhante aos pastores nas igrejas. Ele acredita que o site pode oferecer a mesma sensação de comunidade que as congregações.

O Facebook se tornou a nova igreja, conforme sugeriu o fundador da rede social Mark Zuckerberg. Ele acredita que o site pode oferecer a mesma sensação de comunidade e preencher o papel desempenhado pelas congregações.

Zuckerberg anunciou recentemente uma nova missão para a rede social, que irá se concentrar no crescimento de grupos e comunidades a fim de “aproximar o mundo”, segundo informou em uma reunião de cúpula do Facebook.

Para isso, o empresário quer que os usuários comecem a exercer um papel semelhante aos pastores nas igrejas. Ele acredita que a rede social pode ser usada para unir uma sociedade “dividida” e fazer os usuários se sentirem “parte de algo maior”.

“Enquanto tenho viajado ao redor do mundo e aprendido sobre lugares diferentes, percebi que uma coisa é clara: grandes comunidades têm grandes líderes. Pense nisso. Uma igreja não é apenas um grande grupo. Ela tem um pastor que cuida do bem-estar de sua congregação e se certifica de que eles tenham comida e abrigo”, ele comparou.

Leia mais

Cresce o número de evangélicos que apoiam o casamento gay, segundo pesquisa 

Uma pesquisa constatou o aumento do apoio ao casamento gay por evangélicos nos últimos dez anos.

Nos últimos anos houve um aumento no número de evangélicos que apoiam o casamento gay, segundo uma nova pesquisa publicada nesta segunda-feira (26) pelo Pew Research Center.

O estudo foi realizado em junho com mais de 2.504 pessoas que vivem nos Estados Unidos.

Dividindo a análise entre evangélicos brancos e negros, grupos que são vistos de maneira distinta no país, a pesquisa constatou que houve um aumento do apoio ao casamento gay em ambos conjuntos religiosos.

O apoio entre os evangélicos brancos mais que dobrou em comparação com uma década atrás, quando 14% eram a favor do casamento gay, passando para 35% nos dias atuais. O número de protestantes negros que apoiam o casamento gay aumentou de 24% em 2007 para 44% hoje.

Entre outros grupos religiosos, os pontos de vista sobre o casamento gay continuam se diferindo. A maioria dos católicos (67%), protestantes tradicionais (68%) e cristãos independentes (85%) apoiam o casamento legal entre homossexuais.

Leia mais

Bíblia é considerada livro "homofóbico" e impedida de ser ensinada em escola, no Canadá 

A Escola Cristã Cornerstone não poderá mais ensinar sobre a Bíblia, porque o livro foi considerado "homofóbico" e "ofensivo" pelas autoridades do Canadá.

A academia Cristã Cornerstone, em Alberta (Canadá), está sendo convidada a parar de ensinar sobre as passagens da Bíblia que pode que podem ser consideradas "ofensivas".

A presidente da Divisão Escolar 'Battle River' (BRSD), Lauri Skori, disse à diretora da Cornerstone, Deanna Margel, que "qualquer Escritura que possa ser considerada ofensiva a indivíduos particulares não deve ser lida ou estudada na escola".

Skori disse que seria inadequado para a escola, compartilhar "qualquer ensinamento que possa condenar a orientação sexual de alguém".

Já a diretora da escola respondeu que tal proibição fere não só a liberdade religiosa, mas também a liberdade de expressão da instituição cristã.

"Estamos falando de liberdade de religião, mas também estamos falando de liberdade de expressão", disse Margel. "Precisamos de cada uma das palavras [da Bíblia] para nos desafiar, para nos chamar a uma maior compreensão sobre a vida. Isso é muito importante".

Leia mais

Cerca de 5% da população mundial consumiu drogas em 2015, diz relatório da ONU 

De acordo com um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado nesta quinta-feira (21), 5% da população mundial consumiu algum tipo de droga em 2015, o que se traduz em aproximadamente 250 milhões de pessoas, e pelo menos 190 mil morreram neste mesmo ano por causas diretas relacionadas com entorpecentes. As informações são da Agência ‘EFE’.

O Relatório Mundial sobre Drogas da ONU, divulgado nesta quinta-feira em Viena, mostra especial preocupação pela situação de 29,5 milhões de pessoas que sofrem com transtornos graves pelo consumo de drogas, incluída a toxicodependência, e que são os mais vulneráveis. Só uma de cada seis pessoas que requer tratamento por estes transtornos recebe assistência, a maioria nos países desenvolvidos, aponta o reporte elaborado pelo Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Delito (UNODC).

Leia mais

Arqueólogos descobrem local onde João Batista foi preso e decapitado 

Atualmente em ruinas, a fortaleza de Maquero foi reconstruída pelo rei Herodes, onde Salomé dançou e posteriormente pediu a cabeça de João Batista como "prêmio".

Arqueólogos descobriram um Mikvá ou Mikvé (tanque usado para batismos judaicos) nas ruínas de Maquero, uma fortaleza construída pelo vassalo do rei romano Herodes, na região da Jordânia, a 24 quilômetros ao sudeste da foz do rio Jordão, na costa leste do Mar morto. A fortaleza também teria sido o local onde Salomé dançou e João Batista foi decapitado.

A fortaleza de Maquero foi erguida em uma colina proeminente a cerca de 32 quilômetros a sudoeste de Madaba. O local de banho ritualístico do Mikvá, usado para purificação foi aparentemente construído para o uso pessoal da família real de Herodes.

O tanque é o maior de seu tipo já encontrado na Jordânia. Possui 12 degraus e uma piscina de reserva, contendo água para preencher a piscina quando sua água escorrer.

Além de suas dimensões, a arquitetura se parece muito com o Mikvá descoberto em Qumran, do outro lado do Mar Morto, em Israel, que anteriormente era considerado como único.

Leia mais

Feministas evangélicas dizem que trechos bíblicos sobre submissão foram manipulados 

Elas defendem o aborto e dizem que a religião não deve interferir no direito das mulheres de decidirem por interromper a gravidez. 

É possível ser cristã e aderir ao feminismo? Algumas mulheres estão levantando a bandeira de que sim, é possível unir a pauta feminista com ensinamentos cristãos, porém refutam as mensagens bíblicas que falam sobre a submissão da mulher ao homem.

Em entrevista ao site Metrópoles, a teóloga Romi Márcia Bencke, afirmou que trechos como o de Efésios 5:22 – 24 que fala sobre a relação de marido e esposa foram manipulados. “Assim como hoje, nos tempos bíblicos também se justificava a submissão das mulheres com o argumento de que era ordem de Deus. Não é. Todas as interpretações que colocam as mulheres nesse papel são tendenciosas e manipuladas”, declarou ela que também é pastora e mestre em ciências da religião.

Já a teóloga Valéria Vilhena vai além e tenta argumentar que os tempos da Bíblia eram outros e que o Livro Sagrado não deve ser entendido como a voz de Deus. “A Bíblia não deve ser entendida como a voz de Deus, mas sim como a memória de um povo”.

Defesa do aborto

Desconstruir os ensinamentos bíblicos é uma das formas de apoiar a pauta política do feminismo que inclui a defesa do aborto, tanto que as mulheres que se identificam como cristãs e feministas defendem a descriminalização da prática.

Leia mais

Judeus que creem em Jesus estão sendo barrados de imigrar para Israel 

Embora Israel seja uma nação democrática, judeus messiânicos revelaram que têm tido o direito negado de imigrar para o país, por causa de sua fé.

Quando o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anunciou que a nação estava “comprometida com a liberdade de todos os credos”, muitos judeus messiânicos tentaram fazer a aliá, termo que designa a imigração judaica para Israel.

“Em todo o Oriente Médio, as comunidades cristãs têm sido dizimadas e as minorias perseguidas. Mas aqui em Israel, estamos orgulhosos de ter uma comunidade cristã que está crescendo e prosperando, e nós garantimos os direitos de todos”, afirmou Netanyahu enquanto recebia o presidente norte-americano Donald Trump em seu país.

No entanto, judeus messiânicos revelaram que têm tido o direito negado de imigrar para Israel, por causa de sua fé. Um deles disse ao site Kehila News Israel que quando ouviu o discurso de Netanyahu, “só conseguia pensar: infelizmente os direitos de todos ainda não estão garantidos”.

Israel tem encorajado ativamente judeus de todo o mundo para fazerem a aliá. Aqueles que imigram, recebem um pacote de benefícios para começar a construir sua vida na nação, incluindo descontos em compras de casas e carros, reduções de impostos sobre sua renda e aulas gratuitas de hebraico.

Leia mais

Livros didáticos citam Jesus como um "demônio" e revoltam cristãos, na Índia 

O fato já foi denunciado por cristãos ao governo, mas nenhuma medida foi tomada até o momento.

A comunidade cristã em Ahmedabad (Índia) expressou sua indignação porque os livros didáticos em idioma Hindi, usado por classes do 9º ano em escolas se referem a Jesus Cristo como um "demônio".

O governo reconheceu que o adjetivo "hevaan" ou "demônio", citado antes do nome de Jesus nos livros didáticos publicados pela Comissão do Livro Didático de 'Gujarat' - que são usados nas escolas públicas do estado - foi um erro, segundo informou o site 'News18' (CNN), na última quinta-feira e disse que o erro será corrigido.

O jornal 'Times of India' relata que a comunidade cristã notificou o governo sobre o erro há mais de um mês, mas nenhuma ação foi tomada até agora.

O capítulo 16 do livro de texto em questão afirma no idioma Hindi: "Is sambandh me hevaan Isa ka ek kathan sada smaraniya hai", que se traduz como "uma declaração do demônio Jesus é sempre memorável".

O padre Vinayak Jhadav, porta-voz da Igreja Católica de Gujarat, disse que o erro foi apontado denunciado ao presidente da Comissão do Livro em maio.

Leia mais

Pais que discordam da ideologia de gênero podem perder a guarda de seus filhos, no Canadá 

Uma nova lei foi aprovada na província de Ontário e ameaça separar crianças de seus pais, caso eles não concordem com a 'identidade de gênero' delas.

A província de Ontário do Canadá aprovou uma nova lei que permite que o governo separe crianças de suas famílias que se recusam a aceitar a "identidade de gênero" ou a "expressão de gênero", escolhida por seus filhos.

O chamado 'Ato de Apoio às Crianças, Jovens e Famílias de 2017' - ou 'Lei 89' - foi aprovado por um votação de 63 a 23, de acordo com o site 'The Christian Times'.

A nova lei exige as entidades de proteção de crianças, adoção, provedores de serviços de adoção e juízes levem em consideração e respeitem a "raça, ancestralidade, local de origem, cor, origem étnica, cidadania, diversidade familiar, deficiência, credo, sexo, orientação sexual e identidade e expressão de gênero" de cada criança.

"Eu consideraria que é uma forma de abuso, quando uma criança se identifica de um jeito e seu cuidador está dizendo: 'não, você precisa fazer isso de um jeito diferente", disse o ministro dos Serviços para Crianças e Famílias, Michael Coteau, que apresentou o projeto de lei para ser votado. "Se é abuso, e se estiver dentro da definição, uma criança pode ser removida do ambiente onde vive para ser colocada em proteção, onde o abuso é interrompido".

Leia mais

Projeto para construção do Terceiro Templo está em andamento, anuncia rabino 

Segundo estudiosos, a Bíblia aponta que o Terceiro Templo existirá quando o anticristo se revelar. Entenda o caso.

A Bíblia aponta claramente que um novo templo será dedicado a Deus no futuro, o que é chamado de Terceiro Templo. Em Israel, muitos rabinos e judeus estão dedicados a se preparar para essa construção quando o tempo de colocá-la em prática chegar.

O Primeiro Templo foi construído pelo rei Salomão e totalmente destruído pelo rei da Babilônia, em 586 a.C., após dois anos de cerco a Jerusalém. O Segundo Templo foi construído pelo povo judeu depois de anos no cativeiro babilônico, no mesmo local onde existia o Templo de Salomão. No entanto, o templo voltou a ser destruído no ano 70 pelos romanos.

As Escrituras apontam que o Terceiro Templo existirá quando o anticristo se revelar e interromper os sacrifícios (Daniel 9:27). O apóstolo Paulo também o menciona quando declara que o “homem do pecado” irá se assentar no santuário de Deus, proclamando que ele mesmo é Deus (2 Tessalonicenses 2:3-4).

Leia mais

Rabinos estão separando sacerdotes que irão servir no Terceiro Templo 

Os sacerdotes que poderão servir no Terceiro Templo são judeus que provêm da descendência de Arão, o primeiro sumo sacerdote de Israel.

Rabinos de Israel têm contado com a genética para restabelecer os sacerdotes que irão atuar no futuro Terceiro Templo.

Segundo o rabino Yaakov Kleiman, os sacerdotes que poderão servir no Terceiro Templo são Cohen, ou seja, homens judeus que provêm da descendência de Arão, o primeiro sumo sacerdote de Israel. Para reunir e treinar essas pessoas, ele inaugurou há nove anos o Centro Cohen, em Jerusalém.

Para intensificar seu trabalho de seleção, Kleiman se voltou para a genética através de estudos realizados por pesquisadores israelenses, que descobriram um cromossomo que indica uma ascendência comum entre homens judeus descendentes da classe sacerdotal.

“De acordo com a profecia, haverá um Terceiro Templo. Quando ele existir, teremos que identificar os sacerdotes”, Kleiman explicou ao site Breaking Israel News. “Os Cohen são a mão de obra do Templo. Sem eles, o local se tornará um prédio vazio”.

Leia mais

62% dos pastores lidam com a solidão, diz pesquisa 

Segundo o estudo, 86% dos pastores não se sentem capazes de cumprir todas as exigências e outros 77% sentem que “exigências irrealistas” são esperadas deles.

Uma pesquisa realizada entre os pastores e ex-pastores revelou que muitos estão trabalhando demais e se sentindo sobrecarregados diante de suas tarefas.

A análise foi realizada online entre setembro de 2016 e março de 2017 pelo ministério ExPastors, que atende pastores, ex-pastores e outros líderes cristãos.

Segundo o estudo, 86% dos entrevistados sentem que não são capazes de cumprir todas as exigências de sua função. Outros 77% sentem que “exigências irrealistas” são esperadas deles e de suas famílias.

Quando questionados se eles já pensaram em parar o ministério, 85% dos entrevistados disse que sim e 64% já duvidaram de seu chamado para o ministério. Além disso, 58% se sentiram feridos e rejeitados pela igreja quando foram convidados a sair ou decidiram sair de seu cargo.

Leia mais

Cresce o número de cristãos influenciados pela nova era e islamismo 

Mais da metade dos cristãos concordam com ideias da nova era e abraçam ideologias pós-modernas, segundo pesquisa.

Será que o irmão que senta do seu lado, no culto, está preso às ideias da Nova Era? Será que seu pastor têm abordado uma “nova espiritualidade” nas pregações? É bem provável que você esteja acreditando em uma nova mentira e isso é um verdadeiro perigo. A escritora cristã Jennifer LeClaire alertou seus leitores sobre o perigo de abraçar ideologias nada bíblicas.

“Fiquei simplesmente chocada ao ler os resultados de um novo estudo da Barna (grupo de pesquisas religiosas), mostrando que apenas 17% dos cristãos consideram sua fé importante e frequentam regularmente a igreja, além de ter uma visão bíblica do mundo. Mas eu também estava consternada com as revelações que eu li depois, no relatório”, comentou ela.

“Em poucas palavras, a Barna mostrou que muitos cristãos estão fortemente de acordo com visões do mundo que competem com os ensinamentos bíblicos. Em outras palavras, muitos cristãos estão crendo em mentiras”, alertou. Os dados a seguir podem ser perturbadores.

Leia mais
Carregar mais