Igreja cristã Celeiros
Voltar para a lista

Cerca de 500 igrejas foram fechadas e 423 mesquitas construídas, no Reino Unido

Em dezesseis anos, mais de 500 igrejas espalhadas por Londres foram transformadas em casas particulares. Enquanto isso, o número de mesquitas se multiplicou.

Nas últimas duas décadas, cerca de 500 igrejas cristãs foram fechadas enquanto 423 mesquitas muçulmanas foram construídas no Reino Unido, segundo um relatório publicado no último domingo (2) pelo Instituto Gatestone.

O relatório destacou que, desde 2001, mais de 500 igrejas espalhadas por Londres foram transformadas em casas particulares. Enquanto isso, o número de muçulmanos cresceu para quase um milhão de fiéis.

Segundo estatísticas do Instituto de Pesquisa Social NatCen, entre 2012 e 2014, o número de britânicos que se identificam como anglicanos caiu de 21% para 17% da população, representando uma diminuição de 1,7 milhões de pessoas. A Igreja Anglicana (também conhecida como Igreja da Inglaterra) é a denominação cristã estabelecida oficialmente no país.

Dados da mesma pesquisa também revelam que as pessoas que não seguem religião alguma já superam o número de cristãos na Inglaterra e no País de Gales.


Com o declínio do cristianismo, a Grã-Bretanha tem adquirido uma identidade cada vez mais islâmica, segundo o Instituto Gatestone ao avaliar o cenário das cidades inglesas.

Birmingham, a segunda maior cidade da Inglaterra, hospedou alguns jihadistas que promoveram ataques no país e defendeu o uso dos alto-falantes públicos pelas mesquitas britânicas, para que pudessem chamar os muçulmanos à oração.

O instituto também revelou que o número de tribunais muçulmanos baseados na sharia (legislação islâmica) em Londres tem aumentado. Atualmente, cerca de 100 tribunais funcionam oficialmente na cidade.

“Estes tribunais rejeitam o caráter inviolável dos direitos humanos — os valores de liberdade e igualdade que são a base do direito inglês”, advertiu o instituto.

Em 4 de abril de 2017

Fonte: guiame