Igreja cristã Celeiros
Voltar para a lista

“Demônio” fala de salvação na Igreja Universal e diz que não seria infiel no dízimo 

Uma postagem do bispo Edir Macedo em seu blog dividiu opiniões na internet. Durante uma sessão de descarrego, prática comum na Igreja Universal do Reino de Deus, o bispo Rogério Formigoni faz uma “entrevista” com uma mulher supostamente possuída por um demônio. 

Sem revelar o nome da pessoa, a filmagem inicia com ela já falando com a voz característica de quem está tomada por um espírito imundo. Gravado dentro de um templo, a mulher aparece no palco, sendo segura pelos cabelos, enquanto os fiéis cantam um louvor. 

“Desgraçado, você tomou meu lugar. Você tá no coração dele [Deus] e eu fui expulso”, diz o que seria o demônio que possuía a mulher. Em meio as perguntas do bispo, vocifera: “Você tem direito a uma coisa que eu queria. Você tem direito à salvação e eu não posso”. 


Intercalada com gritos as declarações ouvidas surpreendem. “Eu faria tudo para ter mais uma chance, e esses desgraçados não aproveitam, brincam. O inferno é deles”, confessa. O bispo esclarece que ela está se referindo à salvação. Logo em seguida, Formigoni questiona: “Se você tivesse uma única chance ainda para ser salvo, como você faria?”

“Eu agarraria com toda minha força, eu faria de tudo, de tudo! Eu buscaria Ele todo dia, todo minuto, todo segundo”, é a resposta dada no microfone. Perguntada pelo líder religioso se voltaria nos cultos de meio de semana, a entidade discorda: “Eu tava aqui todos os dias. Eu ia servir a Ele com o melhor de mim”. 

Entre várias perguntas, fala-se sobre o dízimo. O bispo pergunta se o demônio negligenciaria o dízimo e as ofertas, e a resposta ouvida foi: “Seu Deus, ele dá o melhor. Ele é zeloso”. Voltando-se para os presentes, Formigoni chama atenção para o que acabou de ouvir. “Não é forte isso?… O Diabo sabe como é o reino de Deus.” 

Em seguida, faz uma pergunta recorrente nesse tipo de situação em igrejas que lidam com libertação: “Como é o inferno?”. Segue a descrição: “Horrível. Fogo, grito, dor, tormento, 24 horas tem alma gritando para Ele [Deus] dar mais uma chance. O pior de tudo é que o seu Deus não vai dar”. 

Formigoni expulsa então o demônio da mulher, pedindo que todos os crentes no local orassem com ele. A mulher cai e quando se levante, já recomposta, fala com sua voz ‘normal’, dizendo estar aliviada. 

O material circulou nas redes sociais, sendo compartilhado por diferentes páginas. A maioria dos comentários chamava atenção para que os cristãos não brincassem com a salvação, exortando para a vigilância. 

Outros diziam que ficaram preocupados com a declaração que crente que “brinca” com a salvação acaba no inferno. Um terceiro grupo, consideravelmente menor, dizia acreditar que a mulher estava apenas fazendo uma encenação, reclamando que era uma maneira da igreja ‘assustar’ os fiéis para pedir mais dinheiro.

Em 22 de outubro de 2016

Por Jarbas Aragão

Fonte: gospelprime

Assista o vídeo