Igreja cristã Celeiros
Voltar para a lista
Pesquisadores encontram mosaico que retrata espias enviados por Moisés, em IsraelTítulo da postagem

O mosaico mostra os dois espias enviados por Moisés para explorar Canaã.

Pesquisadores encontraram mosaicos em Israel, um deles parece retratar os dois espias enviados por Moisés para explorar Canaã. O mosaico retrata dois homens carregando uma vara com um cacho de uvas. Em hebraico está inscrito: "Um pólo entre os dois".

A Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill anunciou esta semana a descoberta dos mosaicos, na Galiléia. O mosaico dos espias de Moisés parece referir-se ao livro de Números, onde os homens foram enviados para a terra de Canaã após o êxodo do Egito.

De acordo com Números 13:23, os homens “cortaram um ramo com um único cacho de uvas” e voltaram para Moisés. “Entramos na terra para a qual você nos enviou e, na verdade, ela está fluindo com leite e mel”, diz Números 13:27.

Anteriormente, autoridades israelenses e pesquisadores descobriram outros mosaicos, incluindo os que mostram Sansão carregando o portão de Gaza, a Arca de Noé, Jonas sendo engolido por um peixe, a divisão do Mar Vermelho e a construção da Torre de Babel.

"As descobertas indicam que os aldeões floresceram sob o domínio cristão do início do quinto século, contradizendo uma visão generalizada de que o assentamento judaico na região declinou durante esse período", disse a UNC-Chapel Hill em um comunicado.


Pesquisa

A professora da UNC-Chapel Hill, Jodi Magness, está liderando as equipes de pesquisa. Ela participou de 20 escavações diferentes em Israel e na Grécia. Ela também é presidente do Instituto Arqueológico da América.

"Os mosaicos que decoram o piso da sinagoga Huqoq revolucionam nossa compreensão do judaísmo neste período", disse ela.

"A arte judaica antiga é muitas vezes considerada carente de imagens. Mas esses mosaicos, coloridos e cheios de cenas figuradas, atestam uma rica cultura visual, assim como o dinamismo e a diversidade do judaísmo nos períodos romano tardio e bizantino", ressaltou.

Os mosaicos foram removidos do local para conservação e as escavações continuarão no verão de 2019.

Em 14 de julho de 2018

Fonte: guiame