Igreja cristã Celeiros
Voltar para a lista

Pessoas com formação universitária são mais propensas a ir à igreja, diz pesquisa 

O estudo contraria o mito popular de que cristãos são menos inteligentes que pessoas não crentes.

Um novo estudo do centro de pesquisas Pew Research revelou que, diferente da opinião popular, pessoas com mais educação têm a maior probabilidade de frequentar uma igreja e praticar sua fé.

A ideia de que pessoas altamente inteligentes são menos religiosas do que aquelas com mais educação tem sido parte do discurso popular por décadas. Mas alguns estudiosos da religião têm chamado atenção para essa questão.

Uma nova análise dos levantamentos da Pew Research Center mostra que a relação entre religião e educação nos Estados Unidos não é tão simples, de acordo com os resultados do estudo.

O site Christian Today relata que a pesquisa descobriu que os cristãos que se graduaram e possuem um diploma universitário são mais propensos a frequentar regularmente cultos (68%) ​​do que aqueles que não têm um diploma universitário (55%).


O estudo também descobriu que os cristãos universitários são mais propensos a orar diariamente (83% contra 77%), a acreditar em Deus com certeza absoluta (90% contra 87%) e também são mais propensos a dizer que a religião é muito importante para eles (81% contra 79%).

Comprometimento com a Fé

Os evangélicos que obtiveram um diploma de pós-graduação após a faculdade são os mais comprometidos com sua fé, de acordo com a pesquisa. Já aqueles que abandonaram o ensino médio são os menos comprometidos com a fé cristã.

Cerca de 55% dos evangélicos que não terminaram o ensino médio frequentam a igreja apenas uma vez por semana. Já o número de evangélicos com pós-graduação é de 70%.

Da mesma forma, os católicos com um diploma universitário são mais propensos a assistir à missa, pelo menos semanalmente (45% contra 39% dos que não continuaram a sua educação após o ensino médio). Os números reiteram que a maioria dos adultos americanos (71%) se identifica como cristãos.

Em 28 de abril de 2017

Fonte: guiame